Vídeo do São João no Porto!

Gente, tem vídeo novo no canal! Nele, eu mostro a vocês a festança que rola na cidade do Porto na noite de São João! Vejam aí! Ah! E inscrevam-se no canal para dar aquela força amiga!

Beijoca grande!

O São João do Porto: uma super festa em Portugal!

O São João é uma festa que está no coração dos brasileiros, sobretudo no dos nordestinos. Caruaru e Campina Grande disputam o título de “O Maior São João do Mundo”. Mas, claramente, não conhecem o São João do Porto. Não o considero maior ou melhor, mas, certamente, é grandioso e muito divertido!

Lê o resto!

5 razões pelas quais eu amo viver no Porto!

Em 2013, eu vim parar nesta cidade mara para estudar. Queria fazer uma segunda faculdade e escolhi o Porto para viver durante os anos que eu levaria para terminar o meu curso de História. De cara, senti-me em casa. Foi uma paixão arrebatadora pela cidade, pela universidade, pela vida nova que eu comecei a construir. Mas, até hoje, a cada dia que passa, eu tenho mais motivos para amar viver aqui. Para este post, escolhi 5 razões pelas quais eu amo viver no Porto. Confira a lista!

Lê o resto!

YouTube! Conheça o meu canal!

Oláááá! Além do primeiro post do blog, que explica um pouco do que vai rolar por aqui, gravei este videozinho para contar para vocês sobre o meu canal no YouTube. O nome do canal também é Suzana Saboya. Neste vídeo, vocês vão entender melhor a minha proposta. Espero que gostem! Inscrevam-se lá para dar uma força! Espero criar conteúdos úteis e divertidos!

Beijoca grande!

Oi, internet! Bem-vindos e bem-vindas!

Olá, meu povo! Sejam muito bem-vindos e bem-vindas ao meu espacinho na internet! Para quem não me conhece, o meu nome é Suzana. Muito prazer! Sou brasileira e moro em Portugal desde 2013. (Pois é. Mais uma brasuca na Terrinha!) Há muitos anos que venho ensaiando ter um site para chamar de meu, mas, por zilhões de motivos, acabou não acontecendo antes.

Desde que cheguei aqui, na belíssima cidade do Porto (amooo!!!), já ouvi várias vezes “Suzana, tu devias ter um blog que falasse da vida aí…”. E eu fui vendo que era algo que fazia todo o sentido. E entenda o porquê.

Lê o resto!