O São João do Porto: uma super festa em Portugal!

O São João é uma festa que está no coração dos brasileiros, sobretudo no dos nordestinos. Caruaru e Campina Grande disputam o título de “O Maior São João do Mundo”. Mas, claramente, não conhecem o São João do Porto. Não o considero maior ou melhor, mas, certamente, é grandioso e muito divertido!

Os festejos começam cedo

Já em fins de maio, geral começa a se empolgar com o São João. O povo decora as ruas com bandeirolas e os tradicionais manjericos enchem a cidade, que são as plantas que as pessoas oferecem de presente para amigos e familiares. Normalmente, os manjericos vêm com uma mensagem espetada, com dizeres populares e frases remetendo ao São João.

Manjerico

A programação começa cedo e dura junho inteiro. Desde o início do mês, acontecem vários shows em pontos diferentes da cidade. Ainda há parques de diversões espalhados pelo Porto nessa época que permanecem até julho. Então quem disse que no Porto o São João não dura um mês inteiro?

Música muito diversificada

Vocês acreditam que toca de tudo mesmo no São João do Porto? Eu já fui, de graça, ver Bob Sinclar num show ao vivo na rua. Sério. Também toca muita música portuguesa, desde sons mais tradicionais até rock and roll.

Normalmente, eu gosto de ficar em frente ao Palácio das Artes, onde rola uma música mais retrô e muito animada. Mas, lá pelas tantas da madrugada, vou sempre de ver o agito que acontece em Miragaia, com muita música brasileira e também pimba, que é tipo um brega daqui. Por isso, digo: tem música para todos os gostos.

Fogos e balões

Gente, sério mesmo, os fogos de artifício do São João dão de mil a zero nos fogos do Ano Novo daqui. É um espetáculo longo e belíssimo, que acontece sobre o rio e enche o céu de cores. Fico pasma com a comoção geral para ver o “fogo”, como se costuma dizer por aqui.

Já os balões, eu sei. Eu sei! A ideia é assustadora para nós, brasileiros, que crescemos com a máxima “Não soltem balões. Além de perigoso, é crime.”. Mas, aqui, a gente vê pais com crianças a soltarem balões coloridos. Não vou negar que, por mais arriscado que seja, o céu fica lindo, cheio de pontinhos de luz. E, ainda que role um pouco de pânico de algum deles pegar fogo e cair (seja em mim ou na casa de alguém), é uma tradição interessante de se observar.

Comidas típicas

Infelizmente, não há as comidinhas do Brasil. A nossa tradição nordestina de comer tudo quanto é coisa com milho não faz parte dos hábitos portugueses. Mas, atenção! Isso não quer dizer que a comida seja ruim. Só que não mata a saudade dos pratos típicos do São João do Brasil.

Sardinhas na brasa

Acho que o que mais eu encontro no São João do Porto são as sardinhadas. O cheiro da sardinha inteira assando na brasa invade as ruas e dá água na boca. Come-se sardinha com pimentos (pimentão) também.

Sardinhas com pimentos

Ainda há entrecosto, broa e toma caldo verde bem quentinho. Tudo isso vem acompanhado por vinho ou por cerveja. Agradando ou não o seu paladar, não deixa de ser uma experiência diferente, né?

Como diz a música, “um caldo verde, verdinho, a fumegar na tigela”

Marteladas e mais marteladas

Sim, é isso mesmo que você leu. Levamos e damos marteladas na cabeça uns dos outros. Mas, calma! São martelos de plástico. Sabe aqueles martelos estilo Chapolin Colorado? Pronto. É isso. Não dói tanto. Só depende da empolgação do coleguinha.

Martelos

No começo, eu ficava envergonhada de bater nas pessoas… ahahaha Porém, com o tempo, percebi que se tratava de uma forma de interação em que completos desconhecidos brincam entre si e riem-se da situação. É um clima diferente e todo mundo entra na brincadeira. Sem falar que é melhor do que levar o tradicional alho porro na cabeça. E por que razão, Suzana? Meu bem, porque aquilo é uma planta com uma haste comprida e uma flor fedida pendurada na ponta. Mil vezes os martelos! Ahahaha

Alho porro

É isso, gente! Um resumão do São João de cá, que também é muito bom e merece que você venha conhecer!

Beijoca grande!

8 Comments on “O São João do Porto: uma super festa em Portugal!

    • Também gostei muito! E fiquei muito feliz por ver-te, tia! Um beijinho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *